Como estruturar seu Crowdfunding

Você com certeza percebeu que no último ano muitas bandas têm utilizado o crowdfunding para conseguir financiar algum projeto através da contribuição de amigos, fãs e pessoas que curtam e tenham sinergia com o trabalho musical.

Temos os principais sites no Brasil que utilizam formas bem legais para o financiamento coletivo, tratando os projetos até mesmo como ‘tudo ou nada’, aquele em que se no prazo X não for captado o valor total, tudo volta para a conta de quem contribuiu e a banda fica com nada. E os que são “abertos” onde a banda consegue pegar para si o máximo que conseguiu de contribuição.

Hoje sugerimos algumas ações para você estruturar bem seu projeto de financiamento para conseguir atingir o objetivo. \0/

  1. Seja coerente:

Com o projeto: De nada adianta criar um financiamento que não faça sentido ou tenha alguma lógica para seu projeto musical e público (que é quem vai contribuir e fazer acontecer). Sempre leve em consideração se você apoiaria esse financiamento, e então elabore um texto explicando o porquê de fazer o financiamento, o que será produzido e porque vocês precisam da ajuda da galera. Esse texto serve para o site oficial do financiamento, depois crie um vídeo para explicar melhor, ser algo mais próximo e gerar mais empatia.

Com o valor: Para financiamentos nada mais justo do que você ser transparente e pedir realmente o que precisa para que seja realizado. Já vimos por aí muitos financiamentos em que o valor (mesmo justificado) não faz muito sentido por “n” questões, então para não ser “julgado” ou ter sua meta colocada em questão utilize valores que sua base com certeza ajudará, pense que para dar certo é preciso fazer tudo direitinho. Essa não é a hora de você pensar em lucro, pelo contrário.

  1. Seja criativo com as recompensas: Geralmente as bandas utilizam os financiamentos coletivos para fazer uma pré-venda de algo que será produzido (ep, cd…), além de inserir o produto em questão, pense em algo que possa gerar uma experiência, algo que fará a pessoa lembrar ainda mais do seu projeto e de você. Enviar autógrafos ou coisas do tipo já são esperados, já pensou que legal seria receber o produto diretamente das suas mãos? Da pessoa participar de um show surpresa ou algo relacionado? Pense em recompensas intangíveis, crie experiências memoráveis. Vale e muito a pena você pesquisar cases de sucesso e observar quais recompensas foram utilizadas. 
  1. Crie um planejamento de ações: Geralmente os projetos tem como prazo de 30 a 60 dias, já tenha em mente que eles serão os dias mais intensos da sua vida. Planeje que tipo de conteúdo de imagens e vídeos serão postados durante esse período e de que forma você consegue ativar mais pessoas e distribuir ainda mais esse conteúdo. Você precisa pensar numa forma em que as pessoas tenham vontade de ajudar e mais do que isso, que elas sintam a necessidade de compartilhar com os outros amigos para aumentar ainda mais a rede de contribuições. Já pensou que legal uma série de postagens com curiosidades sobre o material que será produzido? Ou até mesmo uma prévia do que está por vir? É legal as pessoas conhecerem um pouco que seja do que elas estão apoiando, é meio que um “veja, escute ou sinta o que você terá por completo se o projeto for financiado com sucesso”.
  1. Crie uma lista com seus principais influenciadores: É importante que você tenha uma lista de pelo menos 50 pessoas que vocês tenham certeza que vão contribuir com o projeto, marque com elas a sequência de contribuição para incentivar mais pessoas (que não estão nesse ciclo) para apoiarem. Essas são as pessoas que vão comprar a ideia de vocês e que com certeza farão de tudo para dar certo. Um projeto que sempre está em evolução sempre será bem visto e com certeza atingirá mais pessoas. Uma sugestão legal é você criar uma imagem de divulgação dizendo que a pessoa apoiou o financiamento para ela mesma compartilhar com sua rede de amigos e pedir a ajuda também. Além disso faça sorteios de itens exclusivos para eles. 
  1. Elabore premiações antecipadas para % atingida: Algo legal de se fazer é você criar premiações ou conteúdo específicos para atiçar ainda mais as pessoas a contribuírem e compartilharem. Por exemplo: ao atingir 25% da meta vocês divulgam uma prévia de uma das músicas, ao atingir 50% vocês lançam um vídeo exclusivo e por aí vai, utilize sua criatividade, com certeza você conhece seus amigos e público e vai pensar em algo que eles queiram e se sintam motivados. 
  1. Mostre quem está contribuindo: Crie um álbum nas redes sociais e poste foto das pessoas que estão contribuindo. Outra forma é você pedir um vídeo e ver se topam postar nas redes sociais incentivando e convidando mais pessoas a também apoiar a causa. Quando as pessoas observam que tem mais pessoas fazendo se sentem à vontade para fazer também, é praticamente como dar opinião, você faz na sequência de alguém, nunca quer ser o primeiro. 
  1. Agradeça: Pode parecer meio óbvio, mas já vimos pessoas com financiamento rolando e sem agradecer. Essa é uma das coisas mais importantes em todas as etapas desse processo tão intenso, cansativo e importante. Pense em maneiras criativas de agradecer, às vezes (e na verdade muitas) um gesto ou ação vale muito mais do que mil palavras. =)

E para terminar, separe um valor considerável para usar como boost no financiamento, às vezes você optou pelo tudo ou nada e falta muito pouco, então para não perder o investimento da galera, faça você já que esse valor voltará da mesma maneira. \0/

Separamos alguns links de financiamentos realizados com sucesso, estude e mãos à obra: Tay Galega | Apanhador Só | NDKAlaska.

Se precisar de ajuda, conte conosco para estruturar seu projeto com você! Escreva para contato@geracaoy.net